indicadores lean construction

INDICADORES LEAN é o tema de hoje, para o monitoramento do processo de planejamento e controle da produção (PCP).

Uma das principais diferenças entre o Sistema Lean de PCP, também conhecido como Sistema Last Planner™, e o sistema de planejamento geralmente praticado pelas construtoras refere-se aos indicadores usados pelas empresas.

Enquanto no sistema tradicional são utilizados, normalmente, somente indicadores de resultado como, prazo e custo, por exemplo, no sistema lean usamos também indicadores de processo, ou seja, índices que possibilitem aos gestores avaliar se o processo de PCP está sendo bem gerenciado para que produza os resultados esperados.

A ideia central aqui é: manter o foco no processo, pois se esse for bem executado, os resultados surgirão naturalmente.

Em relação ao processo de PCP, recomendo que vocês monitorem, inicialmente, os seguintes indicadores:

Desvio de Ritmo

  • Monitorar a aderência entre o ritmo de execução planejado e o executado é fundamental, pois não queremos que nossa obra atrase, não é mesmo? Por isso, lembre-se sempre de verificar se as equipes em obra estão conseguindo atender os ritmos de execução planejados para os pacotes de trabalho contidos no plano de longo prazo.

Índice de Remoção de Restrições (IRR)

  • O IRR monitora o processo de remoção de restrições que acontece no nível de planejamento de médio prazo. É um indicador extremamente importante, pois ele permite que os gestores avaliem se a coordenação das atividades de apoio à produção está acontecendo de forma adequada. Proteger a produção das incertezas que rondam o processo produtivo está na essência do Sistema Last Planner!
  • IRR = No. Restrições removidas no prazo combinado / No. Total de Restrições no período analisado

Percentual do Plano Cumprido (PPC)

  • O PPC monitora a eficácia do planejamento de curto prazo. Medir a confiabilidade do fluxo de trabalho é essencial para o controle da produção. Portanto, recomendo que meçam o PPC geral da obra e também por disciplina como, por exemplo, equipe de alvenaria, instalações, revestimentos e assim por diante.
  • PPC = No. Tarefas Executadas Integralmente / No. Total de Tarefas Planejadas para o mesmo período

Causas do não cumprimento dos planos

  • Identificar a causa raiz dos problemas está no cerne do pensamento lean. Quando as metas não forem alcançadas, é preciso entender a razão do não cumprimento dos planos e definir ações de melhoria para evitar que os problemas se repitam.

 

Para refletirPARA REFLETIR
Precisamos analisar os indicadores acima de forma conjunta para evitar erros de interpretação. Por exemplo, já presenciei equipes satisfeitas por estarem alcançando um PPC alto, porém quando analisei o plano de longo prazo percebi que havia um descolamento considerável entre o ritmo previsto e o executado em obra.

E aí, gostou? Escreva nos comentários! O seu feedback é super importante para a melhoria contínua do conteúdo.

Se você gostou desse post, peço, por gentileza, que compartilhe o link com amigos e colegas de trabalho que possam ter interesse nos temas abordados.

Vamos juntos transformar a construção civil por meio da Lean Construction!

Abraço e até a próxima semana!

Sergio Kemmer

Aprenda Lean Com Quem Entende Do Assunto

Entre na lista de espera para os próximos cursos da SK